quarta-feira, 20 de abril de 2011

28 de ABRIL - DIA DA EDUCAÇÃO


Hoje em dia é grande a importância dada à educação. O número de analfabetos no país vem caindo a cada ano e praticamente todas as crianças com idade entre 7 e 14 anos estão matriculadas na escola. E também há um esforço para colocar na pré-escola as crianças com menos de seis anos de idade. Outra preocupação atual é com a repetência. Professores e o Ministério da Educação buscam formas de evitar a repetência dos alunos para que eles não desanimem e acabem abandonando a escola. Mesmo assim, muitas crianças e jovens têm que deixar de estudar porque precisam trabalhar. A qualidade do ensino também é um ponto importante para se pensar. Pouco adianta completar séries e ganhar um diploma se não aprendermos de verdade. Por tudo isso, estudar com prazer e buscar compreender o mundo através do que aprendemos é uma boa forma de comemorar o Dia da Educação.
Educação, é uma peça fundamental para o progresso de qualquer país. Nós alunos, pais, professores, diretores… devemos sempre ter atenção na hora de leccionar para educar com qualidade. Estar sempre em constante reciclagem de nossos conhecimentos. E ter orgulho do que fazemos.
De acordo com a Constituição Federal do Brasil e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), de 1996, Educação é o processo formativo que visa ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o mundo do trabalho.
Educação não se constrói somente na escola. Conviver com as pessoas, seja na rua, em casa, ou na comunidade, ler um bom livro, ir ao cinema, ao teatro, nós estamos aprendendo.

Educação envolve “Saber conhecer, saber fazer, saber conviver e saber ser”
Como se aprende

Formas criativas de educar estimulam o aprendizado e o interesse das crianças. Despertar as emoções, o humor, os sentidos e a surpresa são tarefas que os educadores devem exercitar no dia-a-dia em sala de aula. Os professores podem despertar emoções ao instigar o aluno a dizer o que sabe sobre o tema em questão, ou contando uma história intrigante, ou colocando uma música, etc. Tudo isso torna o aprendizado bem mais interessante.


ABC da Educação – Atual Estrutura do Sistema Educacional

Educação Básica: subdivide-se em três etapas: a Educação Infantil (creche e pré-escola), o Ensino Fundamental e o Ensino Médio. Destas três etapas, a única que é obrigatória é o ensino fundamental. Que significa isso? Que os pais são obrigados a matricular seus filhos no ensino fundamental e que o Poder Público não pode deixar de garantir as vagas necessárias.

Educação Superior: não se subdivide em etapas, abrange vários tipos de cursos e programas, dentre os quais se destacam os cursos de graduação (formação de profissionais) e de pós-graduação (formação profissional de altíssimo nível e para a pesquisa científica, tecnológica ou artística).

Educação Especial: voltada para aqueles que têm necessidades especiais de natureza visual, auditiva, oral ou mental.

Educação de Jovens e Adultos: em geral, trabalhadores, para os quais são necessários métodos apropriados de ensino.

Educação Indígena: que deve respeitar os idiomas e os costumes das diferentes etnias existentes no Brasil de hoje.

www.mec.gov.br/
revistaescola.abril.com.br/
www.klickeducacao.com.br/
www.ibge.gov.br/





Nenhum comentário:

Postar um comentário